segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O Caçador de Pipas: o livro e o filme

Vocês já leram/assistiram O Caçador de Pipas?
Inicialmente pensei em fazer resenha separada pro livro e pro filme, mas achei a adaptação para o filme tão fiel ao livro que é interessante falar dos dois ao mesmo tempo.


*** Não contém spoilers! ***

O Caçador de Pipas conta a história de Amir e Hassan, dois meninos que vivem no Afeganistão durante a década de 1970. Os dois são muito amigos, assim como seus pais, porém Amir é filho de um homem rico, e Hassan, filho de seu empregado. Hassan, mesmo sem nunca ter ido à escola, é o mais sábio e também o mais corajoso, sempre defendendo Amir das maldades dos outros meninos. Amir, órfão de mãe, passa a infância lutando pela atenção e respeito de seu pai, coisas que Hassan sempre teve naturalmente.


No campeonato de empinar pipas do ano de 1975, Amir vê a chance de ser vencedor e assim obter de vez o amor de seu pai. Com ajuda de Hassan, ele vence. Hassan então sai correndo para buscar a última pipa que Amir derrubou, como um troféu para o amigo. Já a caminho de casa, ele é abordado por três rapazes mais velhos, que exigem que ele lhes entregue a pipa. Hassan se nega e é brutalmente agredido. Amir, escondido atrás de uma parede, assiste a tudo, mas nada faz para defendê-lo.
Atormentado pela culpa e pelo remorso, Amir não consegue mais encarar Hassan e seu pai, Ali. Então ele esconde um relógio na cama de Hassan e o acusa de tê-lo roubado, fazendo com que Ali decida ir embora da casa com o filho.


Anos depois, com a invasão soviética no Afeganistão, Amir e seu pai fogem para os Estados Unidos, onde passam a viver modestamente. Amir se casa e se torna escritor. Anos depois da morte de seu pai, Amir recebe um telefonema de Rahim Khan, um antigo amigo afegão, pedindo que vá visitá-lo no Paquistão. Ele vai e o encontra muito doente, mas Rahim Khan não o chamou para reclamar de sua saúde: as revelações que ele fará mudarão para sempre a vida de Amir, a percepção que tinha sobre o pai, e ele saberá também que o laço que o unia a Hassan é muito mais forte do que ele imaginava.
Mas Hassan havia sido morto pelo Talibã enquanto tentava defender a casa de Amir de ser invadida. Rahim Khan, que sempre soube o segredo de Amir, diz a ele que existe uma chance de voltar a ser bom: encontrando Sorhab, o filho órfão de Hassan, que estava desamparado em algum ponto do Afeganistão devastado pela guerra. Ele decide então enfrentar seus medos, desenterrar seu passado e ir em busca de redenção, buscando honrar a memória daquele que lhe havia sido mais fiel e a quem ele havia traído de forma vil.

Eu assisti o filme num dia e no outro comecei a ler o livro. Ambos são encantadores.
O filme não tem a riqueza de detalhes do livro, mas a perfeição das interpretações, dos cenários e da trilha sonora o tornam impecável. Muita coisa foi suprimida, principalmente da segunda metade, mas não deixa de fazer sentido.
A violência é muito mais presumida do que mostrada, mas tendo como pano de fundo os conflitos no Afeganistão, é impossível não olhar toda aquela destruição e pensar: como recomeçar a construir um país cuja sociedade, desde sempre sob um sistema frágil e fragmentado de castas, perdeu tudo? A certa altura da história, um homem diz a Amir: nada do que você se lembra sobreviveu. E a impressão que se tem é exatamente essa, que tudo foi destruído: as construções, o comércio, a economia, a cultura, todas as atividades de um cotidiano normal, as famílias, as esperanças. Tudo falta. As mulheres perderam seus maridos, as crianças perderam seus pais, os que sobraram perdem partes de seus corpos para as minas terrestres.
Amir, que havia visto na América uma oportunidade de esquecer seus pecados, descobre que nunca conseguiu se libertar de seu passado. Compreende que há mais de seu pai nele mesmo do que ele imaginava, até mais do que gostaria, e isso o faz perdoá-lo, anos após sua morte. E ao cumprir seu inusitado destino, aprende também a perdoar-se.


A cena em que ele lê a carta deixada por Hassan, logo após saber que o amigo havia morrido, é de uma delicadeza indescritível.
É uma história muito linda sobre lealdade, caráter, redenção e perdão.
Amei e recomendo!

37 comentários:

  1. Quero assistir esse filme, só me falta tempo!

    http://www.juliechagas.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu assisti ao filme e achei muito triste. É uma história incrível, sem dúvidas e é legal saber que o filme foi fiel ao livro. Tenha uma semana abençoada, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu li o livro primeiro e chorei tanto quanto assistindo ao filme. Livro excepcional, amo!

    ResponderExcluir
  4. Esse filme é bem legal, ótima dica!


    Beijos, Jell e Marcelo
    www.urbanoeretro.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho uma vontade louca de ler o livro!

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  6. Li o livro e adorei, agora me falta o filme rsrs. Nessas férias resolvo isso.
    Beijinhos no coração
    Dani!

    Phases of the moon
    Instagram
    Fan page

    ResponderExcluir
  7. Que coisa linda!
    O post ficou ótimo, Anne!
    E me deu uma vontade enorme de ver/ler.
    Beijos

    http://www.utilidadebobagem.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Diise!
      Acho que você ia gostar muito.
      Beijo

      Excluir
  8. Não vi o filme, mas li o livro, é lindo, mas tão triste, as vezes me dava até uma agonia. Os filmes acabam cortando muitos detalhes mesmo, mas que bom que o filme foi bom também, e com certeza deve ter sido tão triste quanto.♥

    PiinkCookie.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É emocionante de um jeito muito peculiar!
      Mas não achei que é daqueles de chorar do começo ao fim. Achei a história muito surpreendente, isso dá uma amenizada na carga de tristeza que tem!
      Beijo

      Excluir
  9. Eu ganhei o livro há muitos anos atrás, e já li 5 vezes, depois o filme foi lançado e eu já perdi as contas de quantas vezes eu assisti, pois eu baixei no computador, é lindo, eu sempre me emociono e choro, todas as vezes que eu assisto. Bela escolha para escrever..

    http://www.carolinapeclat.com

    Beijos
    Carol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Carol!
      Eu também gostei tanto que vi o filme duas vezes na mesma semana!
      Beijo

      Excluir
  10. Eu S E M P R E quis ler esse livro, mas eu sempre "deixo pra depois", mas depois desse post a minha vontade de ler aumentou, ahhh, e eu não sabia que tinha filme, sério, e agora to com uma vontade enorme de ler e ver o filme, hahaha.

    Beijos
    http://radioactivebookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber!
      Leia e assista sim, vale muito a pena!
      Beijo

      Excluir
  11. Vi o filme e li o livro. Amei demais, forte e emocionante

    ResponderExcluir
  12. O livro é muito bom, mas não curti muito o filme. O outro livro do autor, A Cidade do Sol, é melhor ainda. Já leu?


    Beijinhos
    Nath || Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não li ainda, mas ouvi falar MUITO bem desse livro e quero ler!
      Beijo

      Excluir
  13. Ouvi falar muitas coisas boas sobre o filme e tenho vontade mesmo de assistir. Muito lindo.
    Obrigada pela dica.

    :**

    ResponderExcluir
  14. Oi Anne, eu não li o livro, mas vi o filme e achei super fraco. Talvez por se tratar de uma produção americana, não sei, mas acho que a questão afegã foi tratada de uma maneira super caricata e simplista. Uma coisa "bons versus maus" sabe?

    Beijos! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila!
      Também achei que nesse ponto foi superficial, mas acredito que seja porque a questão política do Afeganistão não é o tema central do filme. É um tema muito complexo e acho que se fosse tratado com mais profundidade ia acabar ofuscando a história central.
      Mas é um assunto interessante que vale a pena ser explorado melhor!
      Beijo

      Excluir
  15. Acho que de tanto o povo reclamar das adaptações dos livros pros filmes, eles estão conseguindo desenvolver a história nos filmes da mesma forma que dos livros. Sou louca pra ler essa história, mas vou assistir ao filme, já que ele é tão fiel e que tenho dificuldades para enxergar!
    Beijoos ♥

    ResponderExcluir
  16. adoro essa história ♥
    Li o livro e assisti ao filme e fiquei ainda mais encantada. Recomendo pra todo mundo sempre!
    bjokas http://diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  17. Eu lembro de ter visto no cinema e chorei muito! A história é incrível.


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  18. Tenho muita vontade de ver filme.. Tbm nunca li o livro.
    http://marymicucci.com

    ResponderExcluir
  19. É incrível, é um de meus livros preferidos, tocante, profundo... Faz a gente refletir muito. Amo o filme também, mas não se compara né?
    Já leu a cidade do sol do mesmo autor? É MUITOOOOOO bom também, leia ♥

    www.vodkaescarpin.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão, o livro sempre será melhor!
      Ainda não li A Cidade do Sol, mas quero muito ler! Obrigada pela dica!
      Beijo

      Excluir
  20. Já ouvi vários elogios sobre o livro, acho que é unanimidade, né?! Eu assisti o filme faz bastante tempo, gostei muito!

    ResponderExcluir
  21. Eu chorei muito quando vi o filme =/ e quando LI também..

    Mas vale a pena assistir =)

    ResponderExcluir
  22. Esse livro já me passou diversas e diversas vezes pela vida, mas nunca li. Uma vez me disseram que era muito triste, o que fez com que eu não fosse atrás da leitura :(

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma história emocionante sim, mas é linda, vale muito a pena!
      Beijo

      Excluir
  23. Achei o filme perfeito e triste, emocionante! Mas o livro nunca li acredita? Deve ser maravilhoso, preciso ler... Beijokas :)

    ResponderExcluir
  24. desde que vi o filme fiquei MUITO curiosa pra ler o livro tbm, parece mt bom

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  25. Interessante o título do filme numa me deixou curiosa em vê-lo, mas hoje ao ler sua resenha senti vontade de ver ...

    É interessante como as vezes um título nos afasta de algo bom ... Vou tentar ver nesse final de semana.
    Obrigada pela dica!

    Bjks
    My

    ResponderExcluir
  26. Eu li o livro e chorei até!!! é super forte mas bonito.
    Beijos :)

    www.oolhaisso.com

    ResponderExcluir
  27. Não sabia sobre o que se tratava e gostei muito. Mas são tantos livros pra ler!! Foco!

    Beijos!
    http://diario-noturno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. achei que o filme não teve uma grande produção, mas de fato é bem fiel ao livro. eu amo a história e até hoje ainda não consegui encontrar um livro tão bom quanto esse!

    ResponderExcluir
  29. Achei o filme lindo.. até hoje não li o livro, sinto vontade <3

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...